#11, La Bicyclette

Lá no início do ano, a gente tentou tomar o café da manhã mais francês da cidade, mas fomos recebidos por uma porta fechada e um aviso estranhíssimo de férias. Pois bem, passado o mês de janeiro, descobrimos o motivo: o La Bicyclette está indo tão bem, mas tão bem, que os donos – pessoas fofas que estão sempre por lá – resolveram dar uns dias de descanso pra equipe. Não é lindo?

Com a temperatura ideal para se jogar nas (gor)delícias do mundo, resolvemos deixar a dica para quem quiser curtir o final de semana no european style. Com chuva ou sol, o La Bicyclette vive como na foto acima: mesas na calçada totalmente ocupadas e uma espera pra lá de longa. Mas digo sem medo: vale cada segundo.

Contextualizando: carioca, casada com francês, vendiam pães deliciosos numa bicicleta super estilosa pela zona sul do Rio. Obviamente chamou a atenção e abrir a loja foi um passo – como diria meu amigo Saboguinha, “imediato e irremediável”. (;

O estabelecimento praticamente não tem lugares na parte interna, conta apenas com uma mesa coletiva (muito legal, sentamos nela ao lado de estranhos) e uma mesinha para dois. Fora isso, muitas mesas ficam espalhadas pela enorme calçada à frente, com seus ombrelones verdes e torradeiras individuais. E ao redor, claro, muitas bicicletas estacionadas bem ao estilo francês, provavelmente dos moradores mais próximos que vão pedalando para diminuir a culpa.

O clima descontraído do ambiente deixa qualquer um mais tranquilo. Nos finais de semana eles têm fila dupla: tanto para quem quer comer por lá quanto para quem só quer fazer o pedido e levar pra casa. Falando em pedidos, vamos aos nossos?

Entrada #1 :: Granola parfait :: r$8
A montanha de iogurte com frutas e granola da foto acima chama a atenção quando passa. A taça é grandona e visualmente impressionante. Azedinho, acompanhado de mamão e banana, a pedida é uma boa para abrir o apetite.

Entrada #2 :: Ovo caipira “à la coque” :: r$4
Sou fanático por esse ovo. Coisa de família – na casa do meu pai, era obrigatório nos cafés da manhã super longos que a gente tomava. Delícia trabalhosa, porque é muito difícil acertar o ponto do ovo. E é exatamente essa a vantagem do La Bicyclette: o ponto estava perfeito. Além disso, o ovo caipira impressiona com a cor da gema, coisa linda!

Sanduíche :: Croque-monsieur :: r$23
Desde a nossa ida a Nova York, ficamos meio fascinados por esse sanduíche. Na Big Apple, eles são enormes e deliciosos – muito difícil comer um igual no Rio. A minha opinião? Continua sendo. A versão do La Bicyclette é pequena (bem menor do que os outros sanduíches que saíam da cozinha) e cara (comparando aos demais, é o sanduíche mais caro da casa). Tudo bem, não vamos crucificá-lo, estava gostoso, mas pelo o que vi saindo da cozinha, esse foi o pedido mais sem graça.

Tudo isso acompanhado de um chocolate (r$6, gostoso, mas longe de ser o melhor da cidade), uma limonada linda (r$5), um croissant (r$3,5) maravilhoso para abrir o apetite e um pão inteiro de nozes com passas (r$12) fatiado e embalado para viagem. No total, gastamos r$66 e saímos prontos para encarar o domingo de sol no melhor estilo: voltando pra cama de barriga cheia.

O La Bicyclette ganha de lavada da concorrência pelo clima.  É impossível chegar lá e querer engolir um café da manhã às pressas. Tudo é com muita calma, os pratos são todos bem elaborados e a quantidade de gente fazendo pedido impressiona. Lá, você relaxa e curte um café da manhã lentamente saboroso, na tranquilidade do Jardim Botânico. Apesar da enorme quantidade de pedidos, a entrega em casa ainda continua – afinal, foi como tudo começou. Para quem, como nós, levou um pãozinho pra casa, o resto da semana vai ficar ainda mais gostoso com a companhia do La Bicyclette até o próximo final de semana.

***

La Bicyclette
R. Pacheco Leão, 320, loja D  Jardim Botânico
Tel. 3256.9052

Anúncios
Essa publicação foi escrita por eduardo blog.rhem e publicada em 02/04/2012 às 18:46. Está arquivada em $$$ médio, Ar livre, Café da manhã / Lanche e marcada , , , , , , , , , , , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

3 opiniões sobre “#11, La Bicyclette

  1. Fábio em disse:

    vocês não comeram nenhuma salada? que pecado!

    p.s. eu alguma vez falei essa frase? não lembro

  2. diego gebara em disse:

    a única baguete parisiense (com gosto de baguete parisiense) que já comi no rio de janeiro (cidade onde aquele pão francês levinho e sem graça reina). viva o meu pai que faz o favor de comprar todo sábado e levar pra barra. agora fiquei com vontade de ir lá domingo de manhã!

Meta a colher:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s