#6, Pizzaria do Chico

O dono dessa pizzaria se chama Francisco (ou Francesco?), mas para os íntimos – e aí digo: basta chegar e sentar para sentir a intimidade do ambiente -, Chico já está de bom tamanho. A menor pizzaria que já fui na minha vida esconde um segredo pra lá de grandioso: uma pizza de massa fininha, com borda irregular (que dá ainda mais a sensação de massa fresquinha e caseira), numa relação custo x benefício mais do que justa e um atendimento de dar inveja a q-u-a-l-q-u-e-r recinto gastronômico dessa cidade.

Alô garçons do Cervantes: corram para a rua Santa Cristina, no pé do morro de Santa Teresa, para ver o que é comida de qualidade servida com atendimento de primeira. Isso muda tudo.

O lugar é tão pouco impressionante que provavelmente passa despercebido por muita gente que sobe a ladeira em direção à Montmartre carioca. Cara e tamanho de boteco, a pizzaria do Chico chama atenção no que interessa. Nas paredes, infinidades de quadros com matérias de jornal e elogios às pizzas da casa. Na porta, um banner bem grande diz: a pizza escolhida pelos gourmets do O Globo e preferida dos cariocas. E ainda brinca: Pizza DOCC – Denominação de Origem Controlada pelo Chico, uma alusão ao famoso selo do governo italiano para a verdadeira pizza napolitana.

Brincadeiras à parte, o dono do lugar leva suas receitas muito a sério. Italiano legítimo e tricolor de corpo, alma e adesivos na parede, Chico é tão envolvido com o trabalho que – perdoem o trocadilho – coloca a mão na massa. Pela janelinha do segundo andar do restaurante é possível ver suas mãos girando discos de massa pelo ar. E não muito raro coloca a cabeça para fora para responder o chamado de algum cliente cativo da casa – não é à toa que todos parecem se conhecer e fazer parte de uma grande família que se junta para rir e conversar à mesa – do Chico. O toque de mestre? Quando alguma pizza fica pronta, ele badala um sino velho de metal, daqueles bem barulhentos, só para mexer com os ânimos estomacais dos clientes mais esfomeados.

Mas, vamos ao que interessa?

Pizza média :: Metade escarola, metade pepperonata :: r$ 37
Como em 99% das pizzarias do mundo, prevalece o maior valor quando a pizza é dividida, mas não nos importamos com isso e optamos por dois sabores bem distintos. A escarola, segundo o cardápio, vinha refogada à moda da casa e caprichada no queijo. Para mim, um acerto, mas algumas pessoas podem enjoar (além da muçarela abundante, também tinha parmesão fresco ralado por cima de tudo). A pepperonata nada mais era do que uma deliciosa calabresa temperada e cortada em rodelas (essa moda de calabresa moída é muito paulista pra minha carioquice), com cebola, pimentão em conserva – ai se eu te pego de novo! -, e pimenta calabresa por cima.

O sabor das pizzas estava irretocável. Vale deixar claro que somos apreciadores convictos de pizzas, amantes inclusive das sem muitas firulas e que-tais, daquelas bem tosquinhas mesmo (o que não é de forma alguma o caso das beldades do Chico). A massa estava crocante e fininha, mas não tão fina que não pudesse ser devidamente aproveitada. O recheio, com ingredientes de qualidade e na medida certa, não decepcionou em nada (afinal, escarola é amor). A única tristeza foi não ter conseguido provar outros sabores, já que o cardápio é bastante extenso e variado, inclusive com muitas opções que levam verduras e legumes. Além disso, deixamos para as próximas visitas o reconhecimento das bruschetas e pizzas doces, que passearam lindas pelos nossos olhos esganados, porém satisfeitos.

Uma curiosidade da casa é a ausência de pratos. A pizza vem à mesa na própria forma de alumínio, de fundo gasto, por onde já passaram muitos garfos e facas ansiosos. Come-se ali mesmo, direto na forma, com toda a falta de cerimônia possível, numa deliciosa mistura de pizza (mal) cortada à francesa e despretensão. E se ainda havia alguma dúvida de que se trata de um território legitimamente italiano, o tamanho das pizzas encerra a questão: tudo muito bem servido, mesmo se tratando de uma gostosura que não se quer parar de comer.

A conta, para duas pessoas, foi tão modesta quanto a área de entregas da pizzaria (que fica restrita às redondezas, não chegando nem ao Flamengo). Comemos por meros r$57, com cervejinhas incluídas e sobras sagradas para o café-da-manhã do dia seguinte (existe coisa mais maravilhosa do que pizza no dia seguinte?).

É fato: a felicidade mora ao lado.

***

Fica aqui o pedido de desculpas a querida Pri, que queria muito ter ido com a gente nesse pique. Presley, não faltarão oportunidades!

***

Pizzaria do Chico
Rua Santa Cristina, 21 A  Santa Teresa
Tel. 2508.7180

Anúncios
Essa publicação foi escrita por eduardo blog.rhem e publicada em 23/02/2012 às 04:12. Está arquivada em $ baratinho, Jantar, Muito amor, Pizzaria e marcada , , , , , , , , , , , , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

10 opiniões sobre “#6, Pizzaria do Chico

  1. Antonia Canto em disse:

    Amo essa pizza! Peço sempre uma de abobrinha, parmesão e shitake. E o Chico fica lá de cima da cozinha vendo a nossa reação ao comer a pizza e rindo. Adoro! =D

  2. Lucas Anchieta em disse:

    Preciso conhecer esse lugar!
    O cara ainda é tricolor!!!!!!!

  3. eu já fui nessa e comi uma de abobrinha! é mto boa!
    (mas eu confesso que a-do-ro uma massaroca bem grossona da domino’s…)

    beju

  4. thomas ferreira em disse:

    A pizza do Chico é boa sim. Merece a visita. Umas das melhores do RJ com certeza. Há quem diga que é a melhor.
    Recomendo irem no Goiabeira no Lgo das Neves em Santa Teresa. É a única pizza que eu conheço, que fica quente até o final. Se vc nao tomar cuidado, queima a lingua no começo. Servida na pedra. Vale conferir.

  5. Herbert em disse:

    Parbéns Chico. Sou o Herbert que te conheceu no HSBC. Veja a minha pastelaria no YOUTUBE. Coloque PASTEL DA MARIA BARRA FUNDA. Abraços

Meta a colher:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s